terça-feira, 30 de junho de 2009

Maratona do Rio

Aconteceu domingo a Maratona do Rio de Janeiro. Paralelamente aos 42km da mais tradicional prova do atletismo, aconteceram a Meia-maratona (21km) e a Family run (6km). Infelizmente não fiz a Maratona deste ano. Apesar de ter ficado muito inclinado a participar na marra a falta de treinamento falou mais alto. Ano que vem estou dentro. Este ano ainda tem a Meia-maratona internacional do Rio, que já é tradição (apesar de todas as reclamações, tipo a hora da largada, falta de água para os corredores mais lentos, etc, etc,etc...).

Mais de 15 mil corredores, dividos entre as três provas, participaram desta que já está se tornando a mais tradicional festa do atletismo carioca. Anônimos e profissionais dividindo o mesmo palco, o que valeu foi a, literalmente, corrida, pelo bem estar, pela saúde.

No masculino, a vitória ficou com o pernambucano Marcos Antonio Pereira, que completou os 42 km, para ser exato 42, 195m, em 2:17:11. Marizete Rezende venceu a prova feminina ao completar o percurso em 2:42:46.

Parabéns a todos que correram domingo, ano que vem tem mais!
Foto: Fotocom

Paralamas do Sucesso

Estive sexta-feira no Canecão para assisitir ao novo show dos Paralamas do Sucesso. O espatáculo marcou o início na turnê do novo disco do grupo, "Brasil Afora". A banda formada por Herbert (guitarra), João (bateria), Bi (baixo) e mais três músicos de apoio, mostrou que está em plena forma e levantou o público mesclando sucessos antigos com músicas do novo trabalho. Excelente espetáculo.



sexta-feira, 26 de junho de 2009

Michael Jackson

Fomos surpreendidos na noite de ontem pela morte de Michael Jackson. O artista, que começou sua carreira no Jacksons 5 , grupo vocal formado por ele e os irmãos, fez muito sucesso nos anos 80. Ultimamente era mais lembrado pelos escândalos em se envolveu.

Michael Jackson revolucionou a cena da música pop mundial com suas canções e seu jeito único de dançar. Foi, sem dúvida, um artista genial e talentoso.

Morreu ontem à tarde em sua casa, nos EUA, de parada cardíaca aos 50 anos.
Foto: Wikpédia

terça-feira, 23 de junho de 2009

Vuvuzelas

Muito se tem falado sobre as vuvuzelas, as cornetas que a torcida sul-africana tem levado ao estádio nesta Copa das Conderações. Jogadores, dirigentes, principalmente os europeus, dizem que o barulho causado por essas cornetas atrapalha as equipes dentro de campo. Como bem disse Joel Santana, técnico da seleção da África do Sul, isso é frescura.

Onde já se viu cercear a manifestação da torcida nas arquibancadas? Estão cogitando a possibilidade de banir a vuvuzelas dos estádios, o que seria um verdadeiro absurdo. Isso seria praticamente o mesmo que transformar o futebol em tênis.

Lembro que na final da Copa do Brasil de 2006 a torcida do flamengo fez algo parecido com o que a torcida sul-africana faz agora. Não sei se eram as mesmas, mas usaram umas cornetas que realmente fez a diferença na final. O barulho era ensurdecedor.

Contanto que não agrida fisicamente os jogadores eu acho que qualquer coisa vale para desestabilizar o adversário. Seja no grito, na corneta, tá valendo.

Espero que a FIFA não tome a infeliz decisão de proibir as vuvuzelas nos estádios. Depois do ponto eletrônico dos juízes, que acabou com a humanidade do futebol, isso seria mais um passo rumo ao fim do nosso querido esporte bretão.


É isso...


foto: Getty Images

segunda-feira, 22 de junho de 2009

Preocupante

Amigos, a situação do Vasco no Campeonato Brasileiro da segunda divisão é preocupante, muito preocupante. Depois de um campeonato Carioca regular e uma surpreedente Copa do Brasil, onde foi eliminado na semifinal, o Vasco não vence há cinco jogos e hoje é apenas o quinto colocado da competição.

Os dois empates em 0 a 0, em São Januário, onde a obrigação é de vencer SEMPRE, com São Caetano, sendo que este é um dos últimos colocados da competição, e Duque de Caxias, já deixam a torcida cruzmaltina com as barbas de molho. O próximo compromisso é sábado contra o Figueuirense, no Orlando Scarpelli, onde o Vasco não costuma obter bons resultados. Uma derrota ou um novo empate podem jogar o time carioca mais pra baixo da tabela. A situação é preocupante.

Estava outro dia vendo o Showbol e vi o craque, e vascaíno, Edmundo jogando pelo Vasco. O Animal está "fininho", jogando como sempre, ou seja, muita bola. Está muito mais em forma do que qualquer Imperador ou Fenômeno.

Já que Pimpão e Élton, que já passou do limite de perder gols incrivelmente feitos, não estão dando conta do recado, por que não chamar o Edmundo de volta? Com certeza ele daria muito mais, suaria muito mais a camisa, ele é Vasco!!!, do que esses bondes que hoje atuam no time de São Januário.

Mas tem um problema, o presidente e esses que estão hoje à frente do futebol vascaíno (vide Rodrigo Caetano e outros....) não sabem nada, não sabem o que é o Vasco.

A situação é muito preocupante.

Fui...

quarta-feira, 17 de junho de 2009

STF derruba o diploma de jornalismo

E agora, estudei durante quatro anos a toa? Para ser comparado a um cozinheiro?

Parabéns seu Gilmar Mendes, e demais ministros, por mais uma decisão estapafúrdia.

terça-feira, 16 de junho de 2009

Comida di Buteco

Está acontecendo aqui no Rio de Janeiro a décima edição do festival Comida di Buteco. O evento, que teve sua primeira edição em Belo Horizonte, se propõe a analisar, e julgar, tira-gosto, temperatura da bebida, higiene do boteco e qualidade do atendimento de diversos botequins da cidade.

O cliente, ao fim da sessão gastronômica-boêmia, avalia o bar visitado preenchendo um cupom e depositando-o nas urnas, que estarão dentro de cada bar. Ao fim do concurso serão eleitos os três melhores botequins da cidade.


No Rio são 31 botecos participantes. Durante os 31 dias do evento será possível fazer uma verdadeira "peregrinação" pelos botequins cariocas. Pra quem gosta, como eu, de um chopp gelado e um bom tira-gosto é uma ótima pedida. Imperdível!
É isso...

segunda-feira, 15 de junho de 2009

Ginga Pelé

Recebi este vídeo com jogadas geniais do rei do futebol. Além das jogadas também têm comentários de adversários, jornalistas e pessoas ligadas ao mundo do futebol. Vale conferir:

video

domingo, 14 de junho de 2009

Rá!



Pra bom entendedor um pingo é letra... kkkk

Fui...

segunda-feira, 8 de junho de 2009

Curiosidades do esporte

Estreamos hoje um novo quadro no Cheiro de gol: o "Curiosidades do esporte". A cada semana trarei para vocês curiosidades de diversos esportes. Como não poderia deixar de ser, começamos pelo velho e bom esporte bretão, o futebol. Divirtam-se!

Futebol

Um jogo disputado na China, no ano 2500 a.C., é considerado o tataravô do futebol. O imperador Huang Ti criou uma maneira de treinar seus soldados. Eles precisavam chutar uma pelota de couro entre duas estacas cravadas no chão.

Outro jogo bastante parecido, o epyskiros, era praticado em Esparta no século I a.C. por equipes de quinze atletas. Chutavam uma bexiga de boi cheia de areia.

Na idade Média, na Itália, o gioco del calcio reunia equipes formadas por 27 jogadores. O gol era marcado quando a bola passava por cima de dois postes.

Na Inglaterra, o futebol começou a evoluir. Mas suas regras variavam muito. De 1810 a 1840 surgiram inúmeras regras com os nomes dos colégios onde o jogo era praticado. A questão se resolveu em 1848, numa conferência em Cambridge, onde se estabeleceu um código único de regras que serviria de base às leis atuais.

O dia 26 de outubro de 1863 é considerado o dia da criação do futebol. Foi nessa data que, ao fim de seis reuniões na Freemasons`s Tavern, em Londres, nasceu a The Football Association. Ela adotou, com ligeiras modificações, as dezessete regras de Cambridge.

A partir de 1870, os times passaram a contar oficialmente com onze jogadores.

Até 1871, ninguém podia tocar a mão na bola, nem mesmo o goleiro.

O córner, também chamado de tiro de canto ou escanteio, surgiu em 1872. Também em 1872 foi realizada a primeira partida internacional, no dia 30 de novembro, no Queen`s Park de Glasgow. Escócia e Inlgaterra empataram em 0 a 0.

O bandeirinha só apareceu nas regras do futebol em 1874.

O travessão foi introduzido no futebol em 1875. Substituiu as fitas de tecido que uniam as duas traves laterais.

Em 1863 surge a regra do impedimento.

O apito, instrumento de trabalho dos juízes, foi introduzido no futebol inglês em 1878.

A partir de 1880 o jogador não está impedido se receber a bola de um tiro de meta.

A rede apareceu em 1890, com o objetivo de identificar mais claramente a marcação dos gols. Nesse mesmo ano, as faltas dentro da área passaram a ser punidas com a marcação do pênalti.

A partir de 1913 não há impedimento se o jogador receber a bola na cobrança de um arremesso lateral.

A numeração das camisas foi introduzida no futebol inglês em 1939. A novidade chegou ao Brasil dez anos depois, com o objetivo de facilitar as anotações dos árbitros ingleses que vieram apitar no Rio de Janeiro e em São Paulo. Eles foram contratados para adaptar os brasileiros à arbitragem da FIFA às vésperas da Copa de 50.

Em 1990, o jogador que estiver na mesma linha que o penúltimo ou os dois últimos adversários não está mais impedido.

Na Copa de 94, nos EUA, o nome dos jogadores começam a ser usados nas costas das camisas.

Ainda em 94 a vitória passa a valer três pontos (antes valia dois). O empate continua valendo um.


Fonte: Guia dos Curiosos - Esportes

quarta-feira, 3 de junho de 2009

Copa do Brasil

Mesmo sendo melhor durante todo a partida o Vasco não conseguiu fazer o gol e acabou eliminado da Copa do Brasil. O 0 a 0 classificou o Corinthians que tinha a vantagem do empate por ter marcado um gol no Maracanã.

Ao contrário do que muitos pensavam, principalmente a imprensa paulista, o Corinthians conseguiu a classificação com muito custo. A bem de verdade com a ajuda do juiz, o sr. Gaciba, que não marcou pênalti claro em Élton, atacante do Vasco.

Nos quatro tempos das duas partidas o Vasco foi melhor em três. Somente no primeiro tempo do jogo no Maracanã, quando levou o gol, é que o time paulista foi superior ao Vasco. De resto, o Vasco foi muito melhor. Mas o gol marcado fora de casa foi fundamental para a classificação corintiana.

De qualquer forma valeu, o Vasco fez uma bela campanha na Copa do Brasil, saiu invicto da competição e só não foi à final por causa de um erro da arbitragem.

Corinthians e Inter-RS fazem a grande final da Copa do Brasil, com AMPLA vantagem para o time gaúcho.

Confira o pênalti não marcado:




É isso...

segunda-feira, 1 de junho de 2009

Nova era

A rádio Tupi do Rio de Janeiro entrou numa nova era às 00h de hoje. Depois de décadas na freqüência AM a Tupi passa a ser transmitida também em FM. Um marco na história do rádio brasileiro. Indo ao ar em AM e FM a rádio Tupi aumenta consideravelmente o número de ouvintes e passa a ser líder absoluta de audiência no país.

O melhor de tudo é que a programação continua a mesma, tanto no AM como no FM. Ou seja, jornalismo, informação, futebol, música e todo conteúdo que era disponibilizado em AM também será oferecido em FM.

Um marco na era do rádio. Uma felicidade enorme para os amantes do rádio, como eu, quer passam a ter a rádio Tupi com uma qualidade de som excelente.
Parabéns e obrigado Tupi!

A freqüência em AM continua no 1280 e em FM é 96,5.

A Tupi é o povo e o povo é Tupi.


Fui....